AL’BUHERA VOLTOU A ANIMAR PRAÇA DOS PESCADORES COM ARTESANATO E CONCERTOS

Versão de impressãoVersão PDF

O Festival Al’Buhera voltou a animar a Praça dos Pescadores com uma mostra de artesanato, doçaria regional e concertos para todos os gostos. De 25 a 29 de Julho, a baixa da cidade acolheu 54 bancas e stands com os mais variados artigos, desde bijuteria, produtos alimentares, cerâmica, peças de artesanato, bolos regionais e muitas outras sugestões confecionadas à mão pelos artesãos regionais. À noite, subiu ao palco um total de dez bandas, com destaque para os cabeças de cartaz, GNR, Jimmy P, The Gift, Expensive Soul e Sara Tavares, antecedidos pela Banda Alhada, Elida Almeida, Cais do Sodré Funk Connection, Bamba Social & Tiago Nacarato e Fogo-fogo.

Durante cinco dias e cinco noites, a baixa da cidade foi transformada num festival, que já faz parte do roteiro de verão do Algarve. O Al-Buhera, nome de origem árabe que derivou em Albufeira, voltou a juntar na Praça dos Pescadores milhares de pessoas, que puderam adquirir peças únicas de artesanato, degustar a doçaria típica algarvia e ouvir alguns dos nomes mais conceituados da música nacional.

A Praça dos Pescadores foi decorada com 54 stands e bancas de produtos artesanais, como pinturas, joalharia, acessórios de design, cerâmica, produtos em cortiça, artesanato do Equador e de Marrocos, trabalhos em empreita e tecido, produtos feitos com piri-piri, queijos e enchidos, bebidas e cocktails, doçaria regional, gelados artesanais, entre muitos outros expositores.

Na inauguração do evento, como já vem sendo tradição, o presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Rolo, acompanhado pelo executivo municipal, visitou cada um dos expositores, a quem entregou um certificado de participação e agradeceu “o contributo que cada artesão dá para a divulgação do que é genuinamente nosso”. O presidente referiu que “o Festival Al-Buhera é já um marco na programação de verão do concelho e do Algarve, atraindo pessoas de todo o país, que passam férias na região e vêm propositadamente para adquirir peças de artesanato feitas pelos nossos artesãos, degustar iguarias típicas e assistir a concertos, de forma gratuita, com nomes reconhecidos a nível nacional e internacional”.

O festival foi ainda animado pela Fanfarra “Al-Fanfare”, oriunda de Loulé, e pela Orquestra de Percussão “Percutunes”, da freguesia de Tunes. 

Galeria de Fotos: 

Seção do Portal: 

Data de Publicação: 

01/08/2018