Contactos | Horários

Contactos:

Email: arquivo.historico@cm-albufeira.pt
Email: arquivo.municipal@cm-albufeira.pt

Telef.: 289 599 638

Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
09h00 – 17h00

Morada:
Arquivo Municipal de Albufeira - Beco José Bernardino de Sousa, 2-A, R/c
8200-018 Albufeira

Partilhar

arquivo municipal
O Arquivo

Os arquivos municipais desempenham um papel crucial na salvaguarda e promoção da informação, memória, património, identidade e conhecimento coletivo das comunidades. Como verdadeiros "guardiões do passado", assumem a responsabilidade de fomentar a cidadania ativa, através da disponibilização da documentação à sua guarda e da promoção de atividades culturais e educativas.

Ao longo dos tempos, o edifício do Arquivo Histórico teve diversas funções. Terá servido, em séculos anteriores, como dependência da casa dos Alcaides e, na década de 40 do século passado, Casa da Sopa dos Pobres, foi também Biblioteca Municipal, Serviço de Fiscalização e Obras Particulares. Desde 1992, abriga o Arquivo Histórico devido à sua localização, no coração da antiga vila, próxima ao perímetro da muralha e às imediações da rampa que conduzia a uma das portas do Castelo de Albufeira.

Em 2009/2010, em colaboração com outros arquivos, fundou a Rede de Arquivos do Algarve e integra, desde 2013, a Rede Portuguesa de Arquivos.
Atualmente, o Arquivo Municipal está dividido em dois núcleos distintos: a documentação intermédia encontra-se nos depósitos da Câmara Municipal e no Edifício Administrativo de Vale Pedras, enquanto a documentação de conservação permanente é preservada no edifício do Arquivo Histórico. Essa organização garante uma gestão eficiente e a preservação adequada do acervo, enquanto o arquivo continua a desempenhar um papel vital na vida cultural e educacional da comunidade.

Missão

Promover a preservação, organização e disponibilização da documentação produzida pela Câmara no decorrer de sua atividade, assim como a valorização e divulgação de um património arquivístico fundamental para a construção da memória do concelho de Albufeira.

Objectivos
  • Promover a gestão integrada dos arquivos dos diferentes órgãos e serviços do Município, independentemente da data e suporte em que a informação se encontra registada;
  • Assegurar o acesso à documentação que se encontra à sua guarda, assim como responder as necessidades de consulta dos serviços da CMA;
  • Desenvolver uma política de aquisição, recolha e tratamento de arquivos ou conjuntos documentais pertencentes a outras entidades, com relevância para a história do concelho de Albufeira;
  • Promover uma ligação entre a História Nacional e a História Local, através do Serviço Educativo, de forma lúdica e pedagógica, procurando sensibilizar os mais jovens para a conservação, preservação e valorização do património arquivístico, enquanto memória coletiva.
  • Ultrapassar a tradicional função de salvaguarda do património histórico assumindo cada vez mais o seu contributo para a modernização administrativa, de modo a agilizar a comunicação entre o município e o munícipe;
  • Contribuir para a prestação de serviços de qualidade ao cidadão, garantindo a preservação e o acesso continuado à informação, através da implementação de um conjunto de estratégias que garantam a manutenção dos suportes em que a informação se encontra registada.
Acervo

Atualmente, Arquivo Municipal de Albufeira tem à sua guarda quatro fundos que datam desde o século XVI até à presente data: 

  • Fundo Câmara Municipal de Albufeira: Contém documentos produzidos pela Câmara Municipal ao longo da sua história.
  • Fundo Administração do Concelho de Albufeira: Contém documentos da administração do concelho de Albufeira.
  • Fundo Cine-Pax: Contém documentos do antigo cinema Cine-Pax de Albufeira.
  • Fundo Paróquia de Paderne: Contém documentos da Paróquia de Paderne.

Além destes fundos, o Arquivo Municipal de Albufeira também possui coleções de jornais regionais e de fotografias doadas por famílias de Albufeira.
Para consultar o acervo do arquivo, você pode utilizar o seguinte link:

Serviços

O acesso aos documentos é regulado pela legislação em vigor, a saber: Regime Geral dos Arquivos e do Património; Lei de Acesso aos Documentos Administrativos; Lei de Proteção de Dados Pessoais.
Cabe ao Arquivo Municipal auxiliar, presencialmente, os seus utilizadores nas suas pesquisas.
Caso os utilizadores não possam deslocar-se ao Arquivo, para fazerem as suas pesquisas, poderão solicitar por escrito esse serviço que será considerado conforme a disponibilidade dos serviços do Arquivo.
O Arquivo disponibiliza ainda uma listagem relativa a uma pesquisa realizada em diversos arquivos sobre o concelho de Albufeira 

Link: https://arquivo.cm-albufeira.pt/Result.aspx?id=12679&type=PCD

O direito de acesso aos documentos compreende os direitos de consulta, reprodução e informação sobre existência e conteúdo.
 

A reprodução de documentos encontra-se sujeita a algumas restrições tendo em conta o tipo dos documentos, o seu estado de conservação, o fim a que se destina a reprodução, tal como consta em Regulamento, publicado no Aviso n.º 5352, na 2.ª série — N.º 51 — 15 de março de 2010. A emissão de certidões e respetivas taxas regular-se-ão pela tabela de taxas e licenças em vigor no Município.

Durante o período de férias escolares, o Arquivo promove junto dos mais jovens, experiências enriquecedoras com as “Férias Históricas”. Os participantes terão a oportunidade de explorar diferentes monumentos da região, mergulhar nas tradições e ofícios ancestrais, e realizar atividades divertidas e educativas. O nosso objetivo é de dar a conhecer o trabalho desenvolvido pelo arquivo e a rica história da nossa região.
Junta-te a nós nesta jornada histórica e descubra o passado de maneira envolvente e cativante!

Consulte o nosso programa de atividades:
 

O Arquivo Histórico Municipal de Albufeira, para além das suas funções de organização e conservação dos acervos que se encontram à sua guarda, definiu como uma das suas prioridades o desenvolvimento de atividades educativas que promovam a sua divulgação. O Serviço Educativo do Arquivo assume um papel fundamental na valorização e divulgação do acervo documental, atuando como ponte entre o passado e o presente. Através de um conjunto de atividades diversificadas, promove a utilização dos documentos para fins educativos, despertando o interesse pela história local e regional e incentivando a participação da comunidade na vida cultural do município.

 

Os arquivos são um elemento fundamental na construção da identidade social e cultural de um país. Com o objetivo de dar a conhecer o trabalho desenvolvido, na preservação, organização e divulgação do espólio documental, assim como, alguns dos fatores de risco para os documentos o Arquivo Histórico de Albufeira promove visitas orientadas às suas instalações.

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico
Duração: 1h por sessão
Público-alvo: 1.º, 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico/Secundário

Os alunos terão a oportunidade de conhecer a evolução da escrita com recurso a documentos e materiais à guarda do Arquivo Histórico. Serão apresentados vários documentos da História de Albufeira, como o Foral Manuelino, as Atas de Vereação, as Posturas Municipais, entre outros.

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico/Estabelecimentos de ensino
Duração: 50 min por sessão
Público-alvo: 1.º Ciclo do Ensino Básico

O Foral Manuelino, outorgado a Albufeira em 1504, foi um instrumento regulador da vida quotidiana das povoações. Ao longo das 65 folhas do documento, os participantes poderão constatar as relações económicas e administrativas da população com os senhorios, a ordem militar de Avis, bem como questões relacionadas com a propriedade da terra, impostos e obrigações para com a coroa. 

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico/Estabelecimentos de ensino
Duração: 50 min por sessão
Público-alvo: 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico

Durante a Idade Média a produção de livros esteve restrita aos meios religiosos. Os mosteiros e conventos eram os grandes centros de produção de cópias dos livros considerados importantes na época. Tratava-se de um trabalho especializado, de grande complexidade e penoso. 
Copistas, iluminadores, encadernadores, e outros artesãos foram os principais responsáveis pela produção de valiosas bibliotecas durante a Idade Média.
Com esta atividade pretende-se dar a conhecer o trabalho dos monges copistas nos Scriptoriums medievais, os instrumentos, os materiais e os utensílios indispensáveis à tarefa de produção do livro. 

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico
Duração: 50 min por sessão
Público-alvo: 2º 3.º Ciclo do Ensino Básico, Secundário

Os brasões das bandeiras municipais têm neles representada a memória e identidade das suas localidades. Esta atividade pretende apresentar os vários elementos de heráldica que compõem a nossa bandeira, a sua história e significado.

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico/Estabelecimentos de ensino
Duração: 50 min por sessão
Público-alvo: 1.º, 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico

Portugal atravessava um dos períodos mais negros da sua história, um país dividido por uma guerra civil, que opôs os irmãos D. Pedro e D. Miguel. Esta atividade pretende dar a conhecer os acontecimentos que culminaram nos trágicos dias 24, 25 e 26 de julho de 1833, na Vila de Albufeira, que imortalizaram José Joaquim de Sousa Reis, “O Remexido”. 

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico/Estabelecimentos de ensino
Duração: 50 min por sessão
Público-alvo: 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico/Secundário

No dia 1 de novembro de 1755, Portugal foi assolado por uma das maiores catástrofes até hoje sofridas. O forte terramoto, seguido de um maremoto fez-se sentir principalmente na cidade de Lisboa, e na costa algarvia. Com esta atividade pretende-se dar a conhecer os acontecimentos desse trágico dia, dando ênfase à destruição provocada no território algarvio e em especial em Albufeira.

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico/Estabelecimentos de ensino
Duração: 50 min por sessão
Público-alvo: 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico/Secundário

A Genealogia é o ramo da História que se dedica ao estudo das famílias, à sua origem e evolução, descrevendo as gerações que nos antecederam. A atividade pretende não só dar a conhecer para que serve e como se elabora uma árvore genealógica, como também apresentar vários projetos, que se dedicam a preservar as memórias das famílias.

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico/Estabelecimentos de ensino
Duração: 50 min por sessão
Público-alvo: 1.º, 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico/Secundário

O abandono de crianças é um fenómeno comum, a todas as sociedades, ao longo da história. As razões para o abandono podem variar dependendo do contexto cultural, social e económico de cada época e lugar.
Durante os séculos XVIII e XIX, em Albufeira, a Roda, instituição responsável por acolher as crianças abandonadas, encontrava-se instalada na Rua Nova “numa morada de casas térreas (…). 
A atividade pretende dar a conhecer, com recurso à documentação existente, a situação dramática em que as crianças, expostas ao abandono, eram sujeitas, assim como, os mecanismos que existiam para as salvaguardar. 

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico/Estabelecimentos de ensino
Duração: 50 min por sessão
Público-alvo: 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico/ Secundário

Vivemos em plena era das novas tecnologias, em que o recurso às ferramentas digitais desempenha um papel fundamental em quase todos os aspetos da vida quotidiana. Estas ferramentas revolucionaram a maneira como comunicamos, trabalhamos e aprendemos. Mas nem sempre foi assim, a encadernação artesanal é uma técnica milenar que combina habilidade manual e criatividade e nesta atividade os participantes, irão mergulhar criar os seus cadernos com recurso a materiais reciclados e uma costura simples, tudo de forma prática e divertida. 

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico 
Duração: 1h por sessão
Público-alvo: 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico/Secundário

A fotografia sempre foi vista como uma forma de registar a realidade, mas hoje esta deve ser encarada como um testemunho, capaz de preservar momentos históricos e importantes, indispensável para o processo de reconstrução do passado. 
De forma a sensibilizar os mais jovens para a importância da salvaguarda e valorização deste património, os participantes terão a oportunidade de conhecer algum do espólio fotográfico à guarda do arquivo, bem como experienciar o processo de revelação de fotografias.

Datas: Durante o ano letivo
Duração: 2h por sessão
Local: Arquivo Histórico 
Público-alvo: 1.º, 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico/Secundário

A I Guerra Mundial é um capítulo da nossa História que tem sido injustamente esquecido e a participação de Portugal neste conflito envolveu milhares de homens, cuja memória deve ser preservada. Entre 1914 e 1918, 127 jovens naturais de Albufeira foram mobilizados, lutaram heroicamente, morreram e outros voltaram com sequelas físicas e psicológicas. Esta atividade pretende dar a conhecer o processo de recrutamento, treino e transporte das tropas portuguesas até à frente de combate, assim como, as consequências sociais e económicas do conflito no Algarve.

Datas: Durante o ano letivo
Local: Arquivo Histórico/Estabelecimentos de ensino
Duração: 50 min por sessão
Público-alvo: 3.º Ciclo do Ensino Básico/ Secundário

O Arquivo Municipal de Albufeira apresenta, mensalmente, um documento do seu espólio ao público. Através do "Documento do Mês", o Arquivo pretende divulgar a riqueza e diversidade dos seus arquivos, bem como incentivar a investigação e o conhecimento sobre o passado do concelho.

Link: https://arquivo.cm-albufeira.pt/Result.aspx?id=38510&type=PCD
 

Através da vontade de proteger e salvaguardar o património cultural, móvel e imóvel, do concelho de Albufeira, o Arquivo promove a realização de protocolos com entidades privadas que detenham um espólio patrimonial de interesse relevante para a história de Albufeira. Deste modo, o arquivo disponibiliza os seus serviços, em prol da comunidade, para a realização de ações de inventariação, digitalização e tratamento documental de forma a proteger e divulgar, um património de todos.
Património já inventariado:

Com o objetivo de enriquecer o espólio fotográfico e preservar a memória coletiva através da imagem, o Arquivo promove junto da população a recolha de fotografias e negativos que de uma forma ou outra promovam a reconstrução visual da história do Concelho de Albufeira 

As fotografias e negativos serão facultadas a título de empréstimo ao Arquivo, sendo digitalizadas e devolvidas aos seus proprietários, com a oferta da versão digital das imagens. Estas podem ser entregues no Arquivo Histórico de segunda a sexta e no Museu Municipal de Arqueologia no sábado e domingo.
 
Participe em: https://arquivo.cm-albufeira.pt/Result.aspx?id=4&type=PCD
 

A imprensa sempre se caracterizou como uma fonte de pesquisa fundamental para documentar a história. Conscientes disto, o Arquivo promove um Projeto de digitalização da imprensa local, em colaboração com os Jornais do concelho, com o objetivo de reunir o maior número de edições no seu serviço de hemeroteca e de disponibilizar estes materiais, em suporte digital, ao público.

Link: https://arquivo.cm-albufeira.pt/Result.aspx?id=12685&type=PCD

Através da recolha de testemunhos orais dos “antigos” de Albufeira, o projeto Arquivos em Movimento pretende envolver todos e deixar registadas as histórias daqueles que as viveram e que agora, com saudosismo, as devolvem à comunidade.

Link: https://arquivo.cm-albufeira.pt/Result.aspx?id=5220&type=PCD

Através do levantamento dos registos paroquiais dos municípios da região, o projeto Genealogia do Algarve pretende estruturar as relações de todas as pessoas que nasceram, casaram ou faleceram, desde 1592 a 1908. Esta árvore genealógica da região permitirá a qualquer cidadão colocar o nome de um ascendente, nascido dentro do intervalo de tempo referido e obter, toda a informação disponível sobre o mesmo 

Pode contribuir para este projeto introduzindo os seus dados, através do preenchimento do formulário on-line 
Acesso - https://www.genealogiadoalgarve.com/

Entre 2020 e 2023 a Pandemia da Covid-19 deixou as suas marcas na sociedade e na história do século XXI. Com o intuito de não deixar cair no esquecimento as angústias, incertezas e esperanças, coletivas, individuais e familiares, que a cidade de Albufeira vivenciou ao longo daqueles dias o Arquivo desafia a comunidade a partilhar os seus testemunhos e o modo como a pandemia marcou o dia-a-dia. 
Partilhe o seu testemunho através do email – arquivo.historico@cm-albufeira.pt

Pode visualizar os testemunhos que já foram enviados através do endereço: http://arquivo.cm-albufeira.pt/Result.aspx?id=34388&type=PCD

Da vontade de criar um local de partilha e recolha de fotografias analógicas a preto e branco, nasceu o Laboratório Comunitário. Este projeto pretende dar, não só às escolas como ao público em geral, um espaço para a realização de Oficinas e Workshops com o objetivo de dar a conhecer o processo de revelação e a importância que uma fotografia pode ter para a história de uma comunidade.

Periodicamente, o Arquivo promove atividades para o público em geral, com o objetivo de não só divulgar a História local e nacional, mas também desenvolver atividades culturais.

 

  • A decorrer:
  • Realizadas
    • 2023:
      • Albufeira uma viagem ao Passado [19/06 a 22/09]
      • 25 de Abril em Cartaz [3/04 a 31/05]
      • A identidade do Algarve: Forais, Alvarás e Cartas Régias [16/01 a 15/03]
    • 2022:
      • Scriptorium Medieval [18/10 a 11/12]
      • Um Algarve diferente [10/06 a 10/06/2023]
      • As Mulheres de Artur Pastor [08/03 a 04/07]
    • 2021:
      • Memórias e Histórias da Vila de Albufeira [03/08 a 30/09]
    • 2020:
    • 2018:
      • “A Marchar para as Trincheiras - Relembrar 1914-1918”
    • 2017:
      • Entre mil águas – vida literária de Casemiro de Brito
    • 2016:
      • Documentar o Algarve
      • A identidade do Algarve: Forais, Alvarás e Cartas Régias
    • 2015:
      • O Remexido;
    • 2014:
      • Lugares de memória: Cabeça Padrão
      • A escola dos nossos pais – A cartilha, a palmatória e o trapézio
    • 2012:
      • Fotografias de Fausto Napier;
    • 2011:
      • Expostos – Mostra Documental 
    • 2010:
      • Exposição de fotografias: Acervo Metaphorical 
         
  • Empréstimo: 

O arquivo dispõe também a possibilidade de empréstimo de exposições de sua autoria às escolas e outras instituições, para tal basta enviar o pedido para arquivo.historico@cm-albufeira.pt 

  • “A Marchar para as Trincheiras - Relembrar 1914-1918”

  • Próximas:
  • Realizadas:
    • À conversa com Marta Nunes e Artur Pastor
    • "O País de Artur Pastor, a obra pelo olhar do filho", por Artur Pastor, filho
    • "Albufeira 1910-1960", por Ana Paula Azinheiro
    • 1.ª Guerra Mundial, por José João Pais
    • Albufeira no contexto da guerra civil Portuguesa, por Sérgio Brito
    • Ditadura e Censura no Algarve ou Por prisão o infinito..., por Maria João Raminhos Duarte
    • Albufeira na viragem do séc. XIX para o XX, por Domingos Coelho
    • A História da Misericórdia em Albufeira, por Patrícia Seromenho