GALA DO DESPORTO HOMENAGEOU ATLETAS E CLUBES EM NOITE DE FESTA

Pelo 13.º ano, a comunidade desportiva do concelho voltou a reunir-se para festejar o desporto, a solidariedade, a saúde e o convívio numa noite de gala, onde as estrelas foram os atletas, treinadores, clubes e associações que se têm destacado pelos excelentes resultados desportivos. Pelo palco do Pavilhão de Albufeira desfilaram 272 atletas de 15 modalidades, mostrando que em Albufeira vive-se o Desporto todo o ano.

Foi ao som da orquestra Percutunes, que os campeões desportivos da época 2015/2016 ergueram os estandartes das associações e perfilaram no palco do evento, que teve lugar na passada sexta-feira, 3 de fevereiro, no Pavilhão Desportivo de Albufeira.

Nas bancadas, mais de 800 pessoas assistiram à Gala do Desporto 2017, uma iniciativa da Câmara Municipal de Albufeira que tem por objetivo distinguir o mérito dos atletas, treinadores e instituições desportivas do concelho, em cada época.

Ao todo, 272 atletas praticantes de 15 diferentes modalidades foram homenageados pela Autarquia, não só pelos excelentes resultados, mas também pelo seu esforço e empenho, reconhecidos através das categorias de participações de mérito e participações relevantes.

“Estamos aqui hoje para reconhecer publicamente e prestar homenagem a estes atletas, dirigentes, clubes, associações e famílias que realizam um trabalho conjunto em prol do desporto, da educação e da juventude”, salientou o presidente da Câmara Municipal de Albufeira, Carlos Silva e Sousa, que tem vindo a aumentar o apoio às coletividades locais com a celebração de contratos programa. “Nesta época desportiva investimos mais de 170 mil euros, o que representou um acréscimo de 20% face ao ano passado”, anunciou o autarca, assegurando que “iremos continuar a apoiar o desporto e os nossos jovens, com o objetivo de elevar as condições para a formação das camadas juvenis e incentivar a população à prática desportiva, seja ela federada, escolar, adaptada ou informal”.

Este ano, o evento contou a com a presença de Rosa Mota e Carlos Lopes, dois grandes nomes do atletismo em Portugal, que vieram transmitir a sua experiência aos mais novos. “Agradeço à Câmara de Albufeira esta homenagem, este grande convívio e quero dar os parabéns pela realização desta festa e por tudo o que tem feito pelo desporto”, destacou Rosa Mota. Para a ex-atleta, vencedora da primeira edição do Crosse Internacional das Amendoeiras em Flor, “é muito importante reconhecer o trabalho dos jovens, treinadores, associações, clubes, pais, e também um incentivo para aqueles que estão em casa, que ao verem os colegas serem homenageados, pensam “mas porquê que eu não hei de começar a praticar desporto, pode ser que um dia também venha a ser reconhecido e faça parte desta grande gala, da família do desporto”, e aí a Câmara Municipal tem feito um trabalho excelente”, reconhece.

Para Carlos Lopes a cidade de Albufeira tem um significado especial, “porque foi aqui que demos os primeiros passos para a grandeza do atletismo português. Albufeira faz parte do nosso sucesso, pois aqui tivemos todas as condições para a prática da modalidade. E nós, atletas, também criámos todas as condições para que esta cidade fosse reconhecida mundialmente”, confessa o ex-campeão olímpico que tinha o sonho de vir viver para Albufeira: “sempre gostei muito desta cidade e acabei por vir para o Imortal, onde estive pouco mais de dois anos. Infelizmente devido a algumas lesões acabou por ser neste clube que terminei a minha carreira, prestes a completar 40 anos”.

Rosa Mota e Carlos Lopes fizeram questão de deixar uma mensagem de encorajamento aos jovens atletas para que estes trabalhem afincadamente para alcançarem os seus objetivos: “É preciso treinar muito, gostar do que se está a fazer e acreditar em nós próprios. Se acreditarmos e trabalharmos podemos concretizar os nossos sonhos através do desporto”.

A Gala do Desporto 2017 contou com um momento de animação musical a cargo de Filipa Sousa, artista albufeirense que representou Portugal no Festival Eurovisão, em 2012.

Para além da distinção dos atletas campeões, a Câmara Municipal reserva um momento para a atribuição de distinções de relevo e de mérito, com o objetivo de incentivar e reconhecer o esforço dos atletas que, embora não tenham alcançado o pódio, demonstraram força de vontade e espírito de fair-play. Este ano, foram 59 atletas distinguidos com participação de relevo e 15 reconhecidos pelo seu mérito.

O presidente da Assembleia Municipal também enalteceu o trabalho realizado pelos atletas e treinadores, e especialmente pelas famílias que investem tempo e dinheiro para que os filhos e netos possam praticar desporto: “temos um concelho dos mais jovens do país e dos mais preocupados com a prática desportiva. Esta não é apenas uma Gala do Desporto, é também uma gala da família e de uma cidade feliz e inclusiva”. Durante o seu discurso, Paulo Freitas afirmou que “o país deve muito aos homenageados desta noite, pois Carlos Lopes e Rosa Mota são grandes exemplos de humanidade, respeito e solidariedade”.

Custódio Moreno, diretor regional do IPDJ, disse conhecer o trabalho que é feito em Albufeira em matéria de desporto e deu os parabéns à Autarquia pela realização da Gala do Desporto, que considera “um investimento nas pessoas, na educação, na saúde, no convívio e no lazer”. O dirigente afirmou que o desporto une as pessoas e “quando vemos um pavilhão cheio de jovens como esta noite é sinal que o legado está assegurado às próximas gerações”.

A Gala do Desporto 2017 manteve a vertente solidária, apoiando a campanha “Um Euro, Uma Causa”. O evento permitiu angariar um total de 290,00 Euros, que reverteu a favor da associação Pata Ativa, que atua na área da defesa dos animais, da natureza e na promoção de hábitos de vida saudáveis.

partilhar:

Etiquetas | Tags

ver também

Albufeira volta a conquistar o primeiro lugar no ranking da Tripadvisor, uma plataforma de viagens que disponibiliza informação sobre os melhores destinos, hotéis, restaurantes e atividades favoritas dos viajantes em todo o mundo, com base em...

Partilhar