Objetivos alcançados quanto ao programa da Passagem de Ano em Albufeira. “Segurança, alegria e a promessa de regressarem a Albufeira, é quanto baste para sentirmos que foi um excelente investimento nas pessoas, quer seja do ponto de vista pessoal, familiar, quer das empresas turísticas e do comércio local”, refere José Carlos Rolo, lembrando o êxito de um cartaz que incluiu concertos, fogo-de-artifício, espetáculo piromusical, uma Pop’Art Parade, a 1.ª da Street Food – Sem Fronteiras e tudo isso antecedido pela 1.ª S. Silvestre Algarve-Albufeira. Milhares de pessoas fizeram de Albufeira o seu destino de eleição, com a promessa de regressarem.

“É com muita satisfação que vimos os nossos objetivos alcançados”, diz o presidente da Câmara Municipal de Albufeira em jeito de balanço da Passagem de Ano 2023-2024 neste concelho. "Para além de termos atingido cerca de 350 mil espetadores, não houve nenhum acidente registado e tudo decorreu em alegria e harmonia”, adianta o edil, lembrando as diversas ações que concorreram para “atrair mais turistas, com forte incidência de espanhóis” e para fazer dos locais emblemáticos da cidade espaços de diversão em segurança.

O autarca tinha referido em Conferência de Imprensa que este seria o ano para averiguar do sucesso da aposta feita no programa “Albufeira Carpe Nox” e refere, volvidas as celebrações, que “é para continuar, embora este sucesso nos obrigue a repensar nas próximas edições com outros critérios, pois o espaço físico é limitado, e continuar neste crescendo de procura, leva-nos a pensar em novas estratégias”.

Em relação a outro grande evento de fim de ano, o “Paderne Medieval”, José Carlos Rolo manifesta o seu contentamento, na medida em que “é um cartaz anual que já conquistou o seu espaço na vida dos que aqui vivem e daqueles que nos visitam. Nunca Paderne, ao longo do ano tem tantos visitantes nos seus festejos e ações, como no Paderne Medieval. É uma ação voltada para a família, assente em dados históricos com muita criatividade à mistura, e vem colmatar uma ausência de programa de entretenimento para as famílias nesta quadra do ano. Ao longo dos quatro dias, deslocaram-se à nossa Aldeia para cima de sete mil pessoas”.

Uma das grandes novidades do mais recente ‘réveillon’ albufeirense foi a 1.ª edição do festival de ‘comida de rua’, intitulado “Street Food – Sem Fronteiras”. Nuno Bergonse foi o ‘chef’ responsável, e todos os espaços foram concorridos, permitindo aos visitantes a oportunidade de experimentarem iguarias de todo o mundo. “O melhor da comida de rua esteve aqui em Albufeira, o que concorreu para a atração de mais pessoas. É um balanço muito positivo, o que faço desta primeira edição”, afirma José Carlos Rolo.

Recorde-se que do cartaz, concorreram para esta grande afluência de público à Praia dos Pescadores os espetáculos de Richie Campbell, The Gift, Amália Hoje, a Dj Rita Mendes, o fogo-de-artifício e o maior espetáculo piromusical do país. O ano de 2024 arrancou ainda com uma “Pop’Art Parade” na Avenida Sá Carneiro, deslumbrando todos os presentes com as performances apresentadas ao longo do desfile.

“Segurança, alegria e a promessa de regressarem a Albufeira, é quanto baste para sentirmos que foi um excelente investimento nas pessoas, quer seja do ponto de vista pessoal, familiar, quer das empresas turísticas e do comércio local”, refere ainda o autarca. Lembra também os sucessivos comentários nas redes sociais de turistas de várias partes do mundo, reafirmando ter sido “espetacular” a Passagem de Ano naquela que “continua a ser a grande referência turística do país continental, mesmo na chamada época baixa”.

A par dos turistas, também os residentes do concelho manifestaram a sua satisfação pelo programa organizado pelo Município de Albufeira, o qual incluiu ainda a 1.ª edição da S. Silvestre Algarve – Albufeira, com uma participação de mais de um milhar de atletas e com um elenco de luxo na vertente competitiva. Alexandre Nobre foi o grande vencedor nesta pré-época do triatleta, que continuou a destacar-se como um dos melhores corredores do triatlo nacional, e que deixa assim mais um excelente indicador para a sua época 2024. Com cerca de 400 atletas terminados, Alexandre Nobre terminou em 27m46s, na frente do marroquino Mourad Dafali (27m59s) e do alemão Killian Shreiner (28m01s) com os portugueses Duarte Cunha (28m10s) e Daniel Martins (28m23s) a completarem os cinco primeiros. “Foi um momento muito especial, esta S. Silvestre Algarve-Albufeira, com muita adrenalina e emoção e, como já referi num encontro com a imprensa, é um evento no qual continuaremos a apostar e espero que com novidades, nomeadamente o alargamento da S. Silvestre às crianças, na edição de 2024”, conclui o autarca.

partilhar:

Etiquetas | Tags

ver também

Albufeira volta a conquistar o primeiro lugar no ranking da Tripadvisor, uma plataforma de viagens que disponibiliza informação sobre os melhores destinos, hotéis, restaurantes e atividades favoritas dos viajantes em todo o mundo, com base em...

Partilhar

Na próxima quarta-feira Albufeira ruma a Lisboa para mais uma participação na BTL. A decorrer na FIL, no Parque das Nações, de 28 de fevereiro a 3 de março, a 34ª edição do certame, reconhecido como o maior evento de turismo em Portugal e ponto de...

Partilhar