PROJETO “SER” PROMOVE COMPETÊNCIAS EMOCIONAIS NAS CRIANÇAS DO 1º CICLO

Versão de impressãoVersão PDF

“Ser” foi o título escolhido para o projeto que o Município de Albufeira está a desenvolver no Agrupamento de Escolas de Albufeira (EB1 da Correeira, EB1 de Vale Pedras e EB1 dos Caliços). A iniciativa, destinada a crianças a frequentar o 1º ciclo, “faz parte de um conjunto mais alargado de medidas e ações que a Autarquia tem vindo a implementar nas várias escolas do concelho com vista a promover o sucesso educativo”, refere José Carlos Rolo, vice-presidente da Autarquia e vereador responsável pelo pelouro da Educação.

Trata-se de um projeto-piloto que tem por objetivo ensinar as crianças a controlar as suas emoções, através do desenvolvimento da Inteligência Emocional. O programa, que se insere no âmbito da Área Curricular não Disciplinar “Educação para a Cidadania” (a qual faz parte do currículo do 1º Ciclo) teve início no passado mês de outubro e prolonga-se até ao final do ano letivo, dentro do horário escolar.

Com esta medida a Câmara Municipal de Albufeira pretende contribuir para o melhoramento do sucesso escolar, para a diminuição da indisciplina, da agressividade e da desmotivação e, numa fase posterior, para a diminuição dos comportamentos de risco nas crianças e jovens do concelho.

O programa recorre a metodologias como as dinâmicas de grupo e exercícios e jogos criativos, que permitem aos participantes tomarem consciência de si e do seu corpo, com recurso a técnicas de “respiração consciente”, relaxamento e/ou foco de atenção e concentração, automassagem, entre outras ferramentas utilizadas para o efeito. No final de cada sessão, realiza-se um período de reflexão, em que são transmitidos valores essenciais para com (Viver) em sociedade, para que os mais pequeninos ganhem a noção do respeito por si e pelos outros e solidifiquem um comportamento ético e moral adequado.

Nesta primeira fase, o projeto abrange um total de 750 alunos, prevendo-se que futuramente venha a ser implementado em todas as escolas do concelho, refere José Carlos Rolo. “O programa, que faz parte de um conjunto mais alargado de medidas destinadas a promover o sucesso educativo, utiliza um conjunto de ferramentas que contribuem para uma melhor aprendizagem e convívio em ambiente escolar, ensina a libertar tensões e a gerar emoções positivas, treinar o foco e a atenção, saber respeitar-se a si e ao outro, desenvolver a autoestima e a autoconfiança, reduzir a ansiedade e a agressividade, promovendo a saúde e o bem-estar dos alunos a nível cognitivo, social e psicológico. As sessões contribuem para o desenvolvimento das competências sociais, assertividade, motivação e criatividade, ajudam a aumentar a força mental, melhoram as capacidades de comunicação e são um espaço privilegiado de partilha e reflexão”, sublinha.

Seção do Portal: 

Data de Publicação: 

30/11/2017