Habitação Social


​Acompanhamento dos agregados familiares residentes em habitação social

O acompanhamento efectuado às famílias realojadas tem como objectivo ser a base complementar para a melhoria das suas condições da habitabilidade, de qualidade e de integração social plena, bem como verificar condições de conservação e salubridade dos imóveis. Visa ainda a integração e valorização dos moradores, atendendo às suas necessidades específicas no que respeita à educação, emprego, saúde, ambiente, cultura e relações de vizinhança.

Como objectivo, pretende-se o envolvimento activo e permanente da família na construção no seu próprio processo de mudança.

Assim, de forma informal, desenvolvem-se as seguintes acções, por forma a promover a intervenção do serviço social junto das famílias residentes:

  • Orientação de cuidados de higiene corporal/habitacional;
  • Formação das competências parentais;
  • Administração de recursos;
  • Indicação sobre os cuidados com a alimentação;
  • Gestão de conflitos;
  • Encaminhamento para emprego.


Como objectivos destas acções pretende-se:

  • Melhorar a qualidade de vida do agregado;
  • Alterar os hábitos e modos de vida;
  • Promover uma responsabilização familiar;
  • Sensibilizar para os cuidados básicos;
  • Modificar os hábitos alimentares;
  • Aumentar e melhorar a informação sobre os serviços disponíveis nomeadamente ao nível da saúde;
  • Motivar para a integração no mercado de trabalho;

Nestas acções, a especificidade, bem como a situação diferenciada de cada agregado familiar estão sempre presentes.

No seguimento desta intervenção foi posto em andamento um projecto designado por “ENCONTROS”, onde pequenos grupos de inquilinos têm a oportunidade de esclarecer e debater vários assuntos, tais como: saúde, segurança pessoal e habitacional, alimentação, higiene pessoal e habitacional, gestão orçamental, entre outros. Ao mesmo tempo, estes “Encontros” permitem ainda dar atenção a questões relacionadas com a auto-estima de cada um dos intervenientes.


Administração dos Condóminos efectuada pelos moradores com apoio dos Técnicos

  • Reuniões de condomínios com os residentes de habitação social

Estas reuniões anuais, com a presença dos técnicos de habitação, possibilitam a definição de regras sobre direitos e deveres dos moradores, bem como no que respeita ao envolvimento, ao nível da responsabilização dos moradores e das relações entre eles.

Desta forma pretende-se fomentar as relações sociais, de forma dinâmica e harmoniosa, mesmo no que respeita à gestão de conflitos e promoção de uma gestão adequada dos espaços comuns.

Estas reuniões servem também para atenuar alguns conflitos latentes nas relações de vizinhança, apresentando-se como um importante momento para expor e debater assuntos do interesse geral.

  • Levantamento e visitas domiciliárias das situações habitacionais precárias

A procura de habitação junto do Sector de Habitação é constante, dai a necessidade de identificar e quantificar o número de agregados familiares que expõem situações de habitação precária. Este trabalho passa igualmente por identificar a composição destes agregados familiares, bem como a localização geográfica em que estão inseridos e os seus rendimentos.

O levantamento permite uma tomada de consciência das preocupações habitacionais em Albufeira e uma possível estruturação de possíveis tomadas de decisão dentro deste âmbito.

  • Instrução e preparação dos processos tendo em vista o calculo dos valores das rendas de habitação social

Todos os anos, os inquilinos de habitação social, tem de prestar provas dos seus rendimentos anuais por forma a actualizar o valor da renda apoiada. Para estes calculo anual, são ainda tidos em conta a composição do agregado familiar.

Os serviços procedem ao longo do ano à verificação e análise das situações referentes aos arrendatários que deixam atrasar no pagamento as rendas: analisam as situações socioeconómicas dos agregados familiares e procedem à elaboração conjunta de planos de pagamento das dívidas.

Formulários/Documentos Associados: