PROTEÇÃO CIVIL DE ALBUFEIRA ENCERRA O CICLO DE CONVERSAS TEMÁTICAS “COMUNICAR O RISCO”

Versão de impressãoVersão PDF

“O Plano Municipal de Emergência de Albufeira – Medidas de Prevenção e Preparação face aos riscos do concelho de Albufeira” vai ser o tema em destaque neste último encontro do ciclo de conversas temáticas “Comunicar o Risco”, iniciativa que teve início durante o mês de janeiro. A ação é de entrada livre e está marcada para dia 24 de junho (sábado), entre as 15h00 e as 16h00, na Biblioteca Municipal Lídia Jorge.

No próximo dia 24 de junho, realiza-se a última ação do ciclo de conversas temáticas “Comunicar o Risco”, uma iniciativa do Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) da Câmara Municipal de Albufeira que teve por objetivo criar um espaço de debate e partilha de conhecimentos, de forma a consciencializar e capacitar a população em geral para a adoção de comportamentos e medidas de autoproteção adequados face a diferentes situações de risco.

Neste sábado, a partir das 15h00, na Biblioteca Municipal Lídia Jorge, vai falar-se sobre o Plano Municipal de Emergência de Albufeira – Medidas de Prevenção e Preparação face aos riscos existentes no concelho.

Esta é a quarta conversa no âmbito da iniciativa, que para além da temática anterior abordou questões como o Plano Familiar de Emergência, Segurança na Água e Prevenção de Acidentes em Infraestruturas Ferroviárias.

O evento, que decorreu sempre ao sábado, na Biblioteca Municipal, contou com a colaboração de várias entidades, nomeadamente a Infraestruturas de Portugal, a Associação de Nadadores Salvadores de Albufeira (ANSA) e a AQUAFORM, empresa especializada em socorro e segurança aquática.

A redução dos riscos faz parte da missão do SMPC, mas é uma responsabilidade que deve ser partilhada por todos, pelo que um dos principais objetivos do serviço passa por assegurar a resiliência das populações, promovendo a adoção de atitudes e comportamentos preventivos, envolvendo a comunidade na criação de uma cultura de segurança.

E agora que o verão já começou as preocupações alargam-se também aos turistas. Assim, já está tudo pronto para que durante os meses de maior afluência, de julho a agosto, comecem as campanhas de sensibilização nas praias, alertando os banhistas para os perigos do sol e para o deslizamento das arribas. 

Seção do Portal: 

Data de Publicação: 

08/06/2017