ALBUFEIRA JÁ ESTÁ NA ROTA DA VIA ALGARVIANA

Versão de impressãoSend by emailVersão PDF

Albufeira é agora um dos 12 concelhos algarvios a integrar a Via Algarviana através de um Percurso Pedestre e Ciclável que tem início no Posto Municipal de Turismo de Albufeira, passa por Ferreiras, Paderne e termina na Ribeira de Alte. O investimento de cerca de 35 mil euros incluiu a aquisição de uma bicicleta todo-o-terreno direcionada ao turismo adaptado. Albufeira passa assim a estar na rota do pedestrianismo a nível regional, “esbatendo os efeitos da sazonalidade e atraindo outro segmento de turistas, amantes da natureza e do desporto”, referiu Carlos Silva e Sousa.

No passado dia 2 de junho, o presidente da Câmara Municipal de Albufeira, Carlos Silva e Sousa, e o vice-presidente da associação ambientalista Almargem, Joaquim Mealha, assistiram à colocação do painel informativo referente ao percurso que liga Albufeira à Via Algarviana, numa extensão de 29 quilómetros que podem ser percorridos a pé ou de bicicleta.

O painel está colocado junto ao Posto Municipal de Turismo de Albufeira, à entrada da cidade, onde também se encontra a joelette, uma bicicleta todo-o-terreno que poderá ser requisitada por pessoas com mobilidade reduzida. “Temos apostado fortemente no turismo acessível, eliminando barreiras arquitetónicas e adquirindo equipamentos como esta bicicleta ou como as cadeiras anfíbias que temos em todas as praias do concelho”, destacou Carlos Silva e Sousa.

O percurso pedestre começa no Posto de Turismo, passa pela Estação de caminho-de-ferro de Ferreiras até à aldeia de Centieira, cruza-se com os três percursos já existentes em Paderne (Castelo, Cerro Grande e Cerro de São Vicente) e termina em Alte, onde se liga à Via Algarviana. O troço foi implementado em conjunto com a Almargem e com o município de Loulé, “que custeou os sete quilómetros que passam pelo seu concelho, demonstrando uma vez mais que todos trabalhamos em cooperação para um Algarve melhor”, salientou o presidente da Câmara de Albufeira, explicando ainda que esta ligação vem enriquecer a Via Algarviana e todos os concelhos por onde esta passa, ligando o litoral ao interior e mostrando o Algarve como um todo”.

O percurso representou um investimento a rondar os 35 mil euros, que poderão vir a ser financiados por fundos europeus, dependendo da aprovação da respetiva candidatura. Refira-se que a Autarquia já havia investido cerca de 50 mil euros na requalificação dos três percursos pedestres de Paderne, 60% dos quais foram comparticipados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Joaquim Mealha explicou que a Via Algarviana liga Alcoutim ao Cabo de São Vicente ao longo de 300 quilómetros, “beneficiando muito com a ligação a outros concelhos, a locais com pessoas, que irão ajudar a promover a região”. O representante da Almargem defende que a implementação de percursos pedestres incentiva a abertura de comércio, alojamento e restauração, dinamizando a economia. “Além da restauração e da hotelaria, queremos valorizar a envolvente económica através do artesanato e dos produtos regionais”, rematou.

Brevemente será disponibilizada uma aplicação com os quatro percursos pedestres existentes em Albufeira, que poderá ser descarregada para qualquer dispositivo móvel.

Galeria de Fotos: 

Seção do Portal: 

Data de Publicação: 

13/06/2017